JORNALAHP

Policial é executado em fronteira entre Brasil e Paraguai

Por Daniel Alves em 13/10/2021 às 12:15:09

Hugo Ronaldo Acosta foi morto a tiros na noite de terça (12) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a Ponta Porã (MS).

O policial paraguaio Hugo Ronaldo Acosta, de 32 anos, foi morto a tiros na noite de terça (12) na região de fronteira entre Brasil e Paraguai. O crime aconteceu em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a Ponta Porã (MS).


Segundo informações da polícia à imprensa local, Hugo Ronaldo Acosta foi executado dentro do carro a caminho da região de Cruce Bella Vista. De acordo com Carlos Miguel López Russo, diretor de polícia do Departamento de Amambay, este é o segundo policial assassinado no departamento.

Crimes na fronteira


Segundo informações da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, Hugo Ronaldo Acosta pertencia ao círculo do ex-deputado no Paraguai, Carlos Rubens Sanches Garcete, conhecido como 'Chicaro'.

O ex-deputado foi executado dentro de casa no início de agosto. Segundo a linha de investigação da Senad, existe uma "alta probabilidade" de que os dois crimes estejam relacionados.

A cidade de Pedro Juan Caballero também foi palco de outras execuções na última semana. Na madrugada de sábado (9), quatro pessoas foram mortas enquanto saíam de uma casa noturna. Entre as vítimas, estava a filha do governador do estado de Amambay, no Paraguai. Seis brasileiros foram presos suspeitos de envolvimento no atentado e serão expulsos do país.

Comunicar erro
cosmetic shop

Comentários

MOTOCICLO