JHP2

Pai suspeito de matar filho de 1 ano asfixiado é indiciado pela polícia

Por Daniel Alves em 01/07/2022 às 15:13:56

Lobo em pele de cordeiro

Uma análise preliminar do corpo da vítima constatou sinais de lesão na parte interna dos lábios, demonstrando que alguém teria feito força para tapar a boca da criança.

O pai suspeito de ter matado asfixiado o próprio filho, uma criança de 1 ano e 8 meses de idade, em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, foi indiciado pela Polícia Civil. Ele está preso preventivamente.

A Delegacia da Polícia Civil em Primavera do Leste concluiu o inquérito e indiciou o pai por homicídio qualificado cometido por motivo fútil, asfixia e mediante dissimulação.

De acordo com o boletim de ocorrência, a criança deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município por volta das 6h50 no último dia 20. Ele foi levado pelos pais. Na data, o indiciado alegou que a criança tinha se enrolado em um fio de carregador de celular por acidente, sozinha, na cama.

O delegado Allan Vitor Sousa da Mata destacou que a perícia demonstrou que as lesões encontradas e que provocaram a morte da criança foram geradas por ações violentas praticadas contra a vítima.

Comparando o resultado da perícia e o interrogatório do indiciado, a Polícia Civil apontou que apesar de tentar amenizar a violência, o pai bateu a cabeça e sacudiu com força a criança, a ponto de ter provocado as lesões internas na cabeça, bem como, com as próprias mãos, obstruindo as vias aéreas, impedindo a respiração e ocasionando o óbito por asfixia.

A equipe da unidade de saúde acionou a polícia e o casal foi levado pela PM à delegacia para prestar esclarecimentos. A equipe de investigação da Divisão de Homicídios de Primavera do Leste iniciou a apuração dos fatos.

Comunicar erro
cosmetic shop

Comentários

MOTOCICLO