JHP2

Oito policiais militares suspeitos de tortura e desaparecimento de jovem são presos

Por Daniel Alves em 19/09/2023 às 14:24:35

Antônio Marcos da Silva Costa, de 23 anos, foi visto pela última vez no dia 27 de agosto, quando ele e outros dois homens foram abordados pelos policiais em uma barraca de praia.

Oito policiais militares do Batalhão Especializado em Policiamento do Interior (BEPI) foram presos por conta do desaparecimento de um jovem após uma abordagem policial na Praia de Maceió, em Camocim, a cerca de 350 quilômetros de Fortaleza. Ontem, segunda-feira, os tr√™s últimos foram detidos.

Outros cinco agentes j√° haviam se apresentado na delegacia na última sexta-feira (15). Todos estão em um presídio militar de Fortaleza e foram afastados de suas funções por 120 dias.

Antônio Marcos da Silva Costa, de 23 anos, foi visto pela última vez no dia 27 de agosto, quando ele e outros dois homens foram abordados pelos policiais em uma barraca de praia. Na ocasião, os tr√™s jovens foram levados pelos agentes. Dois deles voltaram para casa na madrugada do dia 28 de agosto e denunciaram que foram torturados, j√° Antônio Marcos não foi mais localizado.

Os policiais investigados pelo sumiço de Antônio são: o sargento Cristiano Oliveira Sousa; os soldados Samuel Santiago de Lima, José M√°rcio Carneiro Almada, Eduardo Flor√™ncio da Silva, Wellington Xavier de Farias, José M√°rcio Barroso da Silva Júnior, Josinaldo Ferreira Barbosa Monteiro; e o cabo Demairton Cipriano Silva. A defesa dos agentes não foi localizada.

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenci√°rio (CGD) determinou o afastamento preventivo dos agentes por 120 dias. O órgão também instaurou um Conselho de Disciplina para apurar as condutas dos militares. A medida foi publicada no Di√°rio Oficial do Estado (DOE) da última quinta-feira (14).

A Polícia Militar (PMCE) informou que as investigações acerca do fato ocorrem em segredo de Justiça e o procedimento est√° em andamento.

Agressões e tortura

A CGD levou em consideração o depoimento de testemunhas, que afirmaram que no dia 27 de agosto duas equipes do Bepi chegaram em uma barraca na Praia de Maceió por volta as 18h50 e passaram a realizar abordagem de rotina no local.

Comunicar erro
cosmetic shop

Coment√°rios

JHP