JHP2

Filha de policial presa com ponto eletrônico e câmera em concurso público ganha liberdade provisória

Por Daniel Alves em 28/11/2023 às 05:47:36

Nadine Conte foi presa por suspeita de fraudar prova para investigador. Ela tem fotos mostrando a vida pessoal nas redes sociais, como praticar tiro. A jovem é filha de policial e foi pega com câmera

Nadine Novello Conde Carlos, de 31 anos, deverĂĄ pagar R$ 6,6 mil de fiança para usufruir do benefício. Ela foi indiciada por fraude e associação criminosa.

A filha de um policial que foi presa por suspeita de usar ponto eletrônico, microcĂąmera e receptor digital durante um concurso público em São Paulo recebeu liberdade provisória após passar por audiĂȘncia de custódia nesta segunda-feira (27).

Nadine Novello Conde Carlos, de 31 anos, foi detida pela Polícia Civil neste domingo (26) após fiscais do concurso para investigador desconfiarem dela no local da prova, na Barra Funda, Zona Oeste da capital paulista. Segundo eles, a candidata estava inquieta, mexendo constantemente no casaco e olhando em todas as direções. Ela foi indiciada por fraude e associação criminosa.

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, a suspeita deverĂĄ cumprir os seguintes requisitos para usufruir do benefício:

  • Pagar fiança de R$ 6,6 mil
  • Comparecer mensalmente em juízo para informar suas atividades
  • Manter endereço atualizado
  • Não sair da cidade de residĂȘncia por mais de oito dias sem prévia comunicação
  • Não se se inscrever em concursos públicos enquanto durar o processo
  • Caso deixe de cumprir qualquer exigĂȘncia, Nadine serĂĄ reconduzida à prisão

Entenda o caso

Durante o concurso, fiscais se aproximaram da carteira dela e pediram que a candidata retirasse o casaco. Como ela se recusou, a coordenação foi chamada. Nadine então pediu para ir ao banheiro e, quando saiu da sala, foi seguida pela coordenação, que passou o detector de metais em sua roupa. O equipamento emitiu sinal sonoro.

Em seguida, verificaram que na manga do casaco havia uma cĂąmera similar à usada para conversas em webcam. Segundo o boletim de ocorrĂȘncia do caso, Nadine depois mostrou que o receptor do sinal das cĂąmeras estava dentro de sua calça. E o ponto eletrônico havia sido escondido dentro do sutiã.



Comunicar erro
cosmetic shop

ComentĂĄrios

MOTOCICLO