JHP2

CRISTINÁPLIS/SE, Sete mortos e dois preso em Operação Policial

Por Daniel Alves em 29/11/2023 às 07:30:52

Um dos alvos da operação está preso por um latrocínio que vitimou o policial militar Nabal Gomes Menezes, na zona rural de Tomar do Geru, há cerca de seis anos.

Sete homens morreram em confronto com policiais e dois foram presos em Cristinápolis e Tomar do Geru durante uma operação contra uma associação criminosa especializada em homicídios, tráfico de drogas e assaltos que ocorre na manhã desta quarta-feira (29). Cerca de 100 policiais participam da ação.

Além dos dois mandados de prisão, foram cumpridos 23 mandados de busca e apreensão, um deles contra um homem que está preso no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan) pelo latrocínio que vitimou o policial militar Nabal Gomes Menezes, na zona rural de Tomar do Geru, há cerca de seis anos.



As investigações mostraram que existem fortes indícios de que um homicídio consumado e outros cinco tentados, ocorridos entre os meses de agosto e novembro deste ano, em Cristinápolis, tenham sido praticados por causa da disputa pelo controle de pontos de vendas de entorpecentes e do comando da facção dele.

De acordo com o delegado Josenildo Brito, os trabalhos tiveram início a partir de uma denúncia anônima, que apontava o presidiário como líder de um grupo envolvido em crimes de tráfico de drogas e homicídios, ocorridos no município de Tomar do Geru, com origens na Barra dos Coqueiros.

As investigações descobriram que uma disputa por domínio territorial ocorre entre um grupo criminoso situado na Barra, liderado por ele, e outro grupo do conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro. O atrito tem gerado rivalidade causando conflitos armados e violentos, inclusive no Sul do estado.


Comunicar erro
cosmetic shop

Comentários

MOTOCICLO