JHP2

ARACAJU/SE, Menina de 10 anos morre ao ser atingida por bomba caseira

Por Daniel Alves em 12/02/2024 às 05:33:52

Menina brincava em uma pracinha quando foi atingida pela bomba

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, um adolescente de 16 anos foi apreendido em flagrante suspeito pelo crime.

Uma menina de 10 anos morreu ao ser atingida na cabeça por uma bomba caseira no Bairro Japãozinho, na Zona Norte de Aracaju, enquanto brincava em uma praça, no fim da tarde de sábado (10). Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o suspeito é um adolescente de 16 anos, que foi apreendido em flagrante pela Polícia Civil, na casa de um familiar, no Bairro Santo Antônio.

A mãe da menina, Nathaly Jesus disse que a filha brincava com a irmã de 15 anos e outras crianças menores próximo à casa das avós, quando o adolescente atirou a bomba.

"As crianças estavam brincando de jogar água em saquinhos de geladinho [uma embalagem plástica], quando ele chegou e atirou a bomba. A gente ia hoje para a praia, mas fui enterrar minha filha".

De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a criança morreu no local. O corpo dela foi velado na casa da família e sepultado por volta das 11h de domingo (11) no Cemitério São João Batista, na capital.

Adolescente apreendido

Segundo a SSP, o adolescente apreendido deve responder pelo ato infracional de homicídio doloso.

"A cena do crime foi avassaladora. Uma criança de apenas 10 anos teve sua cabeça completamente estourada por uma bomba de fabricação caseira. Ele faz parte de uma torcida, e segundo ele, essa bomba foi cedida por um colega, também membro de torcida. Ele alegou que a bomba seria direcionada a uns colegas que estavam ali na rua, e que a menina vinha passando e findou ela sendo a vítima da situação", disse a delegada Juliana Alcoforado.

O caso continua sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. Informações sobre o crime podem ser repassados através do Disque-Denúncia, no telefone 181.

Comunicar erro
cosmetic shop

Comentários

MOTOCICLO