JHP2

Personal trainer é preso suspeito de crime sexual após afastar biquíni de aluna durante avaliação física

Por Daniel Alves em 23/05/2024 às 05:50:38

Foto mostra personal trainer tentando convencer aluna a não denunciá-lo, em Caldas Novas �- Foto: Divulgação/PM e Reprodução/Redes Sociais

Prints mostram que, após o caso, Bruno Fidelis pediu desculpas à jovem de 22 anos e tentou convencê-la de não denunciar. Segundo a defesa, após a prisão, a Justiça determinou a soltura do personal que é investigado por importunação sexual.


Foto mostra personal trainer tentando convencer aluna a não denunciá-lo, em Caldas Novas — Foto: Divulgação/PM e Reprodução/Redes Sociais

Um personal trainer de 41 anos foi preso suspeito de importunação sexual contra uma aluna durante uma avaliação física, em Caldas Novas. Prints divulgados pela Polícia Militar mostram que, após o caso, Bruno Fidelis pediu desculpas à jovem de 22 anos e tentou convencê-la de não denunciar o caso (veja acima). Segundo a defesa, após a prisão, a Justiça determinou a soltura do personal que é investigado por importunação sexual.

"Se você tivesse dito "não", eu não teria encostado em você. Achei que você estava correspondendo. Me enganei. Por favor, não comente com ninguém", escreveu o professor.
Comunicar erro
cosmetic shop

Comentários

JHP