JHP2

Bia Kicis fala em censura e compara momento com governo comunista de Stalin

Por Francisco Alves de Souza em 03/02/2024 às 13:18:51

A deputada Federal Bia Kicis (PL-DF)

Em entrevista ao Podcast Diário do Poder, a deputada Bia Kicis (PL-DF) analisa o clima de 'autocensura', CPI do abuso de autoridades e o papel da mídia.

A deputada Federal Bia Kicis (PL-DF), em entrevista para o Podcast Di√°rio do Poder, no dia 30/01, analisou a situação dos parlamentares estarem sendo alvo de operações da Pol√≠cia Federal. A deputada diz que se sente quando estudava sobre a "Cortina de Ferro" e o governo comunista de Josef Stalin, na União Soviética e afirma que "Era uma coisa muito complicada e nunca imaginei que aconteceria o mesmo com o Brasil".

"Hoje todo mundo tem medo de falar o que pensa", afirma Kicis. A deputada analisa que o clima atual do pa√≠s é de "autocensura" e explica que as pessoas estão sendo retra√≠das antes de expor a opinião com receio de serem criticadas.Ainda diz que isso ocorre pela falta de segurança no regime jur√≠dico. "Para voc√™ ter um regime democr√°tico, viver na democracia, uma das coisas mais importantes é a segurança jur√≠dica. E a gente aprende nos bancos escolares que ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, se não em virtude da lei e hoje a gente não sabe mais o que as leis significam".

A parlamentar complementa que atualmente temos 11 constituições, correspondente a cada ministro, e cr√≠tica que "cada ministro interpreta a lei como bem entende". E assim existem punições para algo que não est√° previsto na lei. "Hoje voc√™ não sabe se falar algo, vai ser considerado crime, a√≠ inventam, por exemplo a "fake news", coisas completamente vazias que não tem conceito jur√≠dico. Para então voc√™ imputar alguém e punir a pessoa. Essa insegurança jur√≠dica, ela é t√≠pica de ditadores".

CPI do Abuso de Autoridades

Ao ser questionada sobre o andamento da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Abuso de Autoridade e se h√° chance de iniciar ainda este ano, a deputada diz que "é muito importante o Congresso emplacar essa CPI do Abuso de autoridades porque algo precisa acontecer" e afirma que "a população espera isso".

Bia Kicis comenta ainda que o Congresso est√° sendo questionado pela população sobre a atuação do Congresso. "A população pergunta porque a gente precisa do Congresso, se quem decide tudo é o Executivo e o Supremo?", a deputada concorda com a comunidade.

"A gente tem que concordar que a população tem razão, porque o Congresso como instituição deixou de ser um poder", declara a deputada. No entanto, ela ressalta que ainda existem muitos parlamentares que estão lutando. "Tem muitas pessoas que estão dedicando a sua vida a essa luta, pela liberdade, pela preservação das instituições, pelo respeito à lei e à Constituição, Mesmo com todas as consequ√™ncias que a gente (deputados) paga por isso". A deputada exemplifica com o Caso Jordy.

A parlamentar diz que a necessidade da CPI do abuso de autoridades é também para "satisfazer a população".

Papel da mídia

A deputada afirma que a "m√≠dia é fundamental" para que se tenha um regime democr√°tico que funcione por causa do papel de fiscalizadora, de fazer den√ļncias, de informar e de reverberar para a população. Kicis critica a imprensa "militante", e destaca que o desserviço de portais como "Choquei" acabam "enfraquecendo a democracia".

E ainda diz que a imprensa não divulga as ações do Congresso. "Quando a gente (direita) entra com uma ação no Supremo ou uma representação, voc√™ não v√™ estampada na m√≠dia para as pessoas saberem. A gente usa as redes sociais para falar e muitas vezes a gente ainda perde porque o Judici√°rio est√° emparelhado, porque o processo est√° sendo julgado pela capa," ressalta.

No contraponto, a deputada presta homenagem à parcela da imprensa que "funcionam" e fazem o papel de "informar, criticar e mostrar". "Graças a Deus existem v√°rios ve√≠culos que tem se mostrado realmente decentes e fazendo o papel da imprensa", declara.

Comunicar erro
cosmetic shop

Coment√°rios

MOTOCICLO